Pai Rico, Pai Pobre

Da Thinkfn
Richpoor.jpg
Pai Rico, Pai Pobre é o primeiro best-seller de Robert Kiyosaki e Sharon Lechter. Ele advoga a busca pela independência financeira através de investimento, imóveis, ter seu próprio negócio e o uso de táticas financeiras de proteção do patrimônio.

Pai Rico, Pai Pobre é escrito em uma lingugem anedotal que entretêm e faz com que o assunto finanças fique interessante. O elemento mais central reiterado por Kiyosaki e Lechter é a defesa da tese de se possuir o sistema ou os meios de produção, ao invés de ser um empregado de alguém.

Resumo

O livro toma a forma de uma estória. Ele se baseia largamente no crescimento e educação do próprio Kiyosaki no Hawai, apesar do exato grau de ficcionalização ser controverso. Por causa do uso intenso de alegorias, alguns leitores acreditam que Kiyosaki criou Pai Rico, Pai Pobre como um autor substituto (um artifício literário), discutido mais abaixo na seção "Crítica". Muitos leitores acreditam que o "Pai Rico" do livro seria na realidade o fundador de uma cadeia de lojas muito difundidas no Havaí.

O Pai Pobre da estória é baseado no pai real de Kiyosaki, um doutor graduado pela Universidade de Stanford, e pela Northwestern University, todas em livre docência, que era o chefe do departamento de educação do Estado do Havaí. No livro, ele é muito respeitado até que resolve, mais tarde na carreira, se candidatar contra o governador do Hawaí. Isso faz com que "Pai Pobre" perca seu emprego, e nunca mais encontre um emprego comparável. Porque ele nunca aprendeu a lidar com dinheiro, ao invés disso sempre dependeu do governo (seu patrão), ele morre com muitas dívidas.

Contrastando com esse personagem está o Pai Rico, o pai de seu melhor amigo, Michael. Pai Rico largou a escola na 8a séria, mas apesar disso conseguiu pelo próprio esforço se tornar um multi-milionário. Ele ensina Kiyosaki e Michael uma variedade de lições financeiras e insiste para que o garoto aprenda a fazer com que o dinheiro trabalho para ele, afim de evitar que passe o resto da vida trabalhando por dinheiro, como os empregados de "Pai Rico" e o "Pai Pobre", e também a maioria das pessoas no mundo. Há muita coisa nesse livro difícil de engolir como verdade, e o leitor deve se lembrar de que é bastante alegórico.

Anthony Robbins tem um seminário chamado 'Dominando a Riqueza' (Wealth Mastery, em inglês) e um dos participantes é um senhor chamado Keith Cunningham. Durante o seminário Cunningham afirmaou ser o "Pai Rico" de Kiyosaki. Isso é altamente improvável não apenas por causa da proximidade das idades entre Cunningham e Kiyosaki, mas também porque Kiyosaki afirmara em seus livros que o Pai Rico morrera em 1994. Alguns alegam que o Pai Rico era uma pessoa chamada Richard Kimi, o falecido fundador da Sand and Seaside Hawaiian Hotels.

O livro saliente as diferentes atitudes com relação a dinheiro, trabalho e à vida desses dois homens, e como elas acabaram influenciando a vida de Kiyosaki.

Tópicos

Alguns dos tópicos do livro são:

  • o valor da inteligência financeira
  • que empresas gastam antes e pagam impostos depois, enquanto as pessoas devem pagar impostos primeiro
  • que empresas são entidades artificiais que qualquer um pode usar, mas os pobres geralmente não sabem como

Kiyosaki e Lechter dizem que os ricos pensam de forma diferente quando definem palavras simples como activos e riqueza, e como eles financiam seus luxos. Eles definem um ativo como sendo qualquer item que produza renda (como uma propriedade alugada, acções ou títulos), e um passivo como qualquer coisa que produza gastos (como a própria casa ou veículo de alguém - qualquer bem de consumo).

Ninguém discute o fato de que os ricos compram "ativos-geradores-de-renda". Kiyosaki e Lechter argumentam que os pobres comprar itens que pouco valem e que eles pensam serem ativos, mas que claramente não geram renda nenhuma e podem nem mesmo ter valor de mercado.

De acordo com Kiyosaki e Lechter, a riqueza é medida pelo número de dias que a renda dos seus 'ativos' podem te sustentar, e independência financeira é alcançada quando a renda mensal dos seus ativos excede suas despesas mensais. Cada 'pai' tinha uma forma diferente de educar seu filho.

Citações

  • "Exercícios físicos melhoram a saúde, exercícios mentais melhoram a riqueza, a preguiça destrói ambas."
  • "Um verdadeiro luxo é uma recompensa por investir em ativo real e desenvolvê-lo."
  • "Lembre-se da Regra de Ouro. Aqule que tem o ouro faz as regras."
  • "A única maneira de sair da "Corrida de ratos" é provando sua proficiência tanto em contabilidade quanto em investimento, seguramente dois dos temas mais difíceis de se dominar."
  • "Eu mencionei antes que a inteligência financeira é uma sinergia entre contabilidade, investimento, marketing e direto. Combine essas quatro habilidades técnicas e ganhar dinheiro com dinheiro será mais fácil."
  • “A maioria das pessoas são pobres porque no que diz respeito a investimentos, o mundo está cheio de Chicken Littles correndo por aí gritando, ‘O céu está desabando, o céu está desabando.’”
  • “Muitos jovens hoje em dia tem cartões de crédito antes de deixarem o colegial, e no entanto, nunca tiveram uma aula sobre dinheiro ou como investi-lo, muito menos entender como os juros compostos funcionam nos cartões de crédito.”
  • "Os pobres e a classe média trabalham por dinheiro. Os ricos tem dinheiro que trabalham por eles." (P30).
  • "O problema com a corrida dos ratos é que mesmo se você ganhar vai continuar sendo um rato."

Resumos

Crítica

  • O melhor compêndio de críticas ao livro de Kiyosaki, pode ser encontrado em John T. Reed's analysis of Robert T. Kiyosaki's book Rich Dad, Poor Dad.
  • Pai Rico, Pai Pobre tem sido criticado por praticamente não conter nenhum conselho concreto e lições em parábolas demais. Há leitores que afirmam terem terminado o livro sentindo-se motivados e prontos para começar a "escapar da corrida-dos-ratos," apenas para perceberem logo depois que não tinham idéia de como fazer isso. Tembém foi dito que discernir fato, ficção e alegoria é difícil no livro.
  • Algumas das alegações que Kiyosaki faz em Pai Rico, Pai Pobre sobre seus feitos parecem ser exageros, mentiras ou más orientações. Tem-se especulado sobre a identidade de seu "pai rico" e mesmo se esse indivíduo chegou a existir, amparados pelo raciocínio de que tal homem, que Kiyosaki descreve como "um dos mais ricos do Havaí," e sua família que continuam sua tradição, teriam sido bem conhecidos em um estado pequeno como o Hawaí. Na edição de fevereiro de 2003 da revista americana SmartMoney, Kiyosaki recuou quanto a afirmação de que seu "pai rico" era uma pessoa real, dizendo, "O Harry Potter é real? Por que vocês não deixam pai rico ser um mito, como Harry Potter?"

Referências

  • Pai Rico, Pai Pobre - O que os ricos ensinam aos seus filhos sobre dinheiro - que os pobres e a classe média não ensinam, de Robert Kiyosaki & Sharon L. Lechter. Publisher - Warner Business Books / Publicado pela primeira vez em 2000 / ISBN 0-446-67745-0

Links relevantes


Smallwikipedialogo.png

Esta página usa conteúdo da Wikipedia. O artigo original estava em Pai Rico, Pai Pobre. Tal como o Think Finance neste artigo, o texto da Wikipedia está disponível segundo a GNU Free Documentation License.