Activo

Da Thinkfn

Na contabilidade, um activo é algo que se espera que produza benefícios económicos futuros e é controlado por uma entidade devido a transacções ou eventos passados.

Características dos activos

Os activos possuem 3 características essenciais:

  • Eles representam um benefício futuro devido a uma dada capacidade, solitária ou em combinação com outros activos, de contribuir directa ou indirectamente para futuros cash flows líquidos.
  • A entidade pode controlar o acesso ao benefício;
  • A transacção ou evento que dá origem ao direito da entidade ao activo, ou ao seu controlo, já ocorreu.

Não é necessário, no sentido da contabilidade financeira, que o controlo ao acesso ao benefício produzido pelo activo seja legalmente defensável para um recurso ser um activo, desde que a entidade possa controlar o seu uso por outros meios.

É importante compreender que no sentido contabilístico um activo não é o mesmo que propriedade. Em contabilidade, a propriedade é descrita pelo termo "equity" (capital). Os activos são iguais ao passivo mais a equity (capital).

A equação contabilística relaciona activos, passivos e capital próprio:

Activo = Passivo + Capital próprio

A equação contabilística é a estrutura matemática do balanço.

Similarmente, em economia um activo é quaquer forma na qual riqueza possa ser guardada.

Possivelmente, a definição contabilística de activo mais geralmente aceite é a usada pelo International Accounting Standards Board [1].

"Um activo é um recurso controlado pela empresa como resultado de eventos passados e do qual se esperam benefícios económicos futuros para a empresa." [2]

Classificação de activos

Os activos podem ser classificados de muitas formas. No balanço de uma companhia, certas divisões são requeridas pelos princípios contabilísticos geralmente aceites (Generally Accepted Accounting Principles, GAAP), que variam de país para país.

Activos circulantes

Os activos circulantes são dinheiro e outros activos que se espera sejam convertidos em dinheiro, vendidos ou consumidos num ano, ou no ciclo operacional. Estes activos são continuamente renovados no decurso da actividade normal do negócio. Existem 5 items principais incluídos nos activos circulantes:

  1. Dinheiro — é o activo mais líquido, incluindo dinheiro, depósitos à ordem e instrumentos negociáveis (cheques, etc);
  2. Investimentos de curto prazo — Inclui instrumentos comprados e detidos para venda no futuro próximo, para gerar rendimentos;
  3. Clientes — as dívidas de clientes são geralmente reportadas líquidas de provisões para cobrança duvidosa;
  4. Existências — bens necessários à normal actividade operacional da empresa. As existências são geralmente reportadas ao custo histórico ou valor de mercado, o que for mais baixo.
  5. Despesas pré-pagas — estas são despesas pagas em dinheiro e registadas como activos antes de serem usadas ou consumidas. Um exemplo comum são os seguros.

A frase activos circulantes líquidos (activos correntes líquidos), também chamada de fundo de maneio é muitas vezes usada para se referir aos activos circulantes menos os passivos circulantes (passivos correntes).

Investimentos de longo prazo

Muitas vezes descritos apenas como "investimentos", os investimentos de longo prazo são detidos por muitos anos e não existe a intenção de serem vendidos no curto prazo. Este grupo geralmente consiste em 4 tipos de investimentos:

  1. Investimentos em instrumentos financeiros, como obrigações ou acções;
  2. Investimentos em imobilizado não usado operacionalmente (por exemplo, terrenos detidos para venda);
  3. Investimentos em fundos especiais (fundos de pensões, etc);
  4. Investimentos em subsidiárias ou companhias associadas;

Algumas formas de seguros também podem ser tratadas como investimentos de longo prazo.

Imobilizado

Também referidos como activos tangíveis, estes são comprados para serem usados no longo prazo na obtenção de lucro no negócio. Este grupo inclui terrenos, edifícios, maquinaria, mobiliário, ferramentas e determinados recursos esgotáveis, como minerais. Estes activos são depreciados (gerando uma despesa, a amortização) durante a sua vida útil (excepto os terrenos).

Activos intangíveis

Os activos intangíveis não existem fisicamente e são geralmente muito difíceis de avaliar. Eles incluem patentes, copyrights, franchises, goodwill, marcas, etc. Estes activos são (segundo o US GAAP) amortizados entre 5 a 40 anos (excepto o goodwill, que é testado anualmente e abatido se necessário).

Alguns activos como websites são tratados diferentemente em diferentes países, e podem ser classificados como activos tangíveis ou intangíveis.

Outros activos

Esta secção inclui uma variedade grande de activos, tais como:

  • despesas pré-pagas de longo prazo;
  • devedores de longo prazo;
  • propriedades detidas para venda;
  • etc.

Referências

  1. O International Accounting Standards Board, IASB
  2. IFRS

Ver também

Links relevantes