Paul Tudor Jones

Da Thinkfn
Paul Tudor Jones
Paul Tudor Jones
Nascimento 28 de Setembro de 1954
Memphis, Tennessee
Nacionalidade EUA Flag of the United States.png

Paul Tudor Jones II (nascido a 28 de Setembro de 1954 em Memphis, Tennessee) é um trader e gestor de hedge funds bastante conhecido. Ganhou $750 milhões em 2006 e tem uma fortuna estimada em $2.5 mil milhões, tendo sido categorizado pela Forbes em Março de 2007 como a 369ª pessoa mais rica do mundo.

Um dos seus primeiros sucessos foi prever a Segunda-Feira negra em 1987, evento no qual triplicou o seu dinheiro devido a posições curtas de grande dimensão. Tudor Jones usa em alguns dos seus fundos uma estratégia macro global.

Jones estudou na Universidade de Memphis, e depois na Universidade de Virgínia, obtendo um bacharelato em economia em 1976. Após se ter graduado consultou o seu primo, William Dunavant Jr., para obter conselhos sobre investimentos. Dunavant, cuja Dunavant Enterprises é o maior trader do mundo no mercado de algodão, enviou Jones para New Orleans para falar com um broker de commodities, Eli Tullis. Em 1980 Tudor fundou a Tudor Investment Corporation que hoje é um dos líderes em Gestão de Activos alternativa (hedge funds). A firma gere hoje $17.7 biliões (a 1 de Junho de 2007).

Estratégia

Alguns pontos e recomendações de Paul Tudor Jones:

  • É um contrário e tenta comprar e vender em pontos de inversão. Continua a insistir numa ideia até que mude de opinião fundamental. Se não mudar de opinião e o mercado não lhe der razão, vai reduzindo o tamanho das suas posições, de forma a que esteja a arriscar os menores montantes quando o seu trading estiver pior.
  • Considera-se um oportunista de mercado. É um Swing trader, achando que o melhor dinheiro se faz nas viragens do mercado. Falhou muitos dos trends intermédios mas apanhou muitos topos e fundos.
  • Passa o seu dia a fazer-se sentir contente e relaxado. Sai de uma posição perdedora se o estiver a fazer desconfortável. Nada é melhor que um novo começo.
  • O factor chave é jogar uma boa defesa, não um grande ataque. Nunca se deve fazer preço médio em posições perdedoras. Diminui o seu size quando está a perder, aumenta-o quando está a ganhar.
  • Tem stops mentais, que se atingidos o levam a sair de uma posição dê por onde der. Usa não só stops por preço mas também por tempo. Controla o risco da totalidade do portfolio em tempo real.
  • Acredita que as cotações se movem primeiro e os fundamentais depois.
  • Não seja um herói. Não tenha um ego. Questione-se sempre e questione a sua capacidade. Não se sinta nunca como sendo muito bom, no segundo que o fizer está morto.
  • Nunca se arme em macho com o mercado.
  • Liquidar metade das posições em novos máximos ou mínimos.
  • A gestão de risco é o mais importante no trading. Tem um stop em caso de uma perda mensal próxima de 10%.
  • Tenta apanhar pontos de viragem. Continua a tentar, mas corta a dimensão das posições se estiver a fazer maus trades (após várias perdas sucessivas).
  • Nunca se deve fazer preço médio em trades perdedores.
  • Nunca se deve transaccionar em situações onde não se tem controlo. Por exemplo, não faz sentido tomar grandes apostas antes de relatórios económicos ou resultados, isso não é trading, é jogar.
  • Investe em coisas que lhe permite liquidar rapidamente, ou seja, em instrumentos muito líquidos.
  • A sua filosofia de investimento passa por não tomar grandes riscos, por esperar por oportunidades com uma relação recompensa/risco extremamente desequilibrada a favor da recompensa. O aproveitar de uma sequência de oportunidades com tal relação é muito superior a tomar muito risco num só trade, levando a bons retornos sem grandes drawdowns.
  • O segredo para se ter sucesso no trading, é ter uma sede infatigável e imortal por informação e conhecimento. Pensa que existem situações em que se pode compreender absolutamente o que motiva cada comprador e vendedor, e ter uma boa visão do que vai acontecer. Só é necessário muito trabalho para obter todos os bocadinhos de informação.
  • A coisa mais importante é o quão bom se é na gestão do risco. 90% de um grande trader será a sua gestão de risco.